Economia de Francisco e Clara CONTRA A FOME

Objetivo da campanha:
Contribuir para amenizar a situação nutricional de parte dos cerca de 20 milhões de brasileiros que passam fome, por falta de alimentos à mesa, e fortalecer os produtores de alimentação saudável, integrantes da Economia de Francisco e Clara, para melhorar a qualidade da alimentação dessas pessoas.

Justificativa

A Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede PENSSAN) divulgou pesquisa realizada em dezembro de 2020, informando os números da insegurança alimentar que vem acometendo aos brasileiros, segundo os três graus a seguir: 19,1 milhões sofriam insegurança alimentar grave, ou seja, passavam fome; 43,4 milhões, insegurança alimentar moderada, poucos alimentos à mesa; e 54,3 milhões, sem acesso permanente a alimentos nutritivos. Se somarmos tudo temos 116,8 milhões de brasileiros com algum tipo de insegurança alimentar e nutricional.

Dado o contexto de crise social, ambiental, econômica e sanitária, o ano de 2021 começou desafiador para grande parte da população brasileira.

Muitos não têm o mínimo para garantir as refeições necessárias que cumpram a função da reposição nutricional para o dia seguinte. Em contraste a isso, o Brasil exporta toneladas de grãos e carnes na roleta da economia de mercado, onde quem paga tem!

 

Período de realização:
1 de maio a 30 de junho de 2021


Quais públicos, grupos ou setores deseja mobilizar?
Todas as pessoas despertadas pelo chamado do Papa Francisco pelos clamores dos pobres.

Para quais comunidades, instituições ou experiências serão doados os recursos?

A Campanha priorizará comunidades periféricas em três estados brasileiros e no DF, representados por lideranças locais associadas à ABEFC – Articulação Brasileira pela Economia de Francisco e Clara, que apresentam elevada situação de vulnerabilidade frente aos seus objetivos, segundo a ordem a seguir:

1ª – Comunidade Sol Nascente em Brasília

2ª – Região Amazônica

3ª – Jardim Sinhá/Sapopemba em São Paulo, capital

4ª – Ribeirão das Neves e Jaboticatubas em Minas Gerais.

 

Para contribuir com esta campanha basta fazer um pix* utilizando a chave: pix.casacomum@gmail.com

*O Pix permite a transferência entre contas bancárias por meio de chaves diversas. Para utilizar é preciso ter feito o cadastro do Pix junto ao seu banco.